BCAA

Outros suplementos

Como é vendido

Vendido em cápsulas ou em pó.

Indicação

BCAA são os aminoácidos de cadeia ramificada que estão entre os aminoácidos conhecidos como essenciais por não serem produzidos pelo corpo, sua presença no organismo humano depende da ingestão alimentar.

Aminoácidos são as unidades básicas da composição de uma proteína. Em indivíduos adultos, os BCAA’s são relevantes para a manutenção da proteína corporal além de serem fonte de nitrogênio para a síntese de alanina e glutamina. Existem evidências demonstrando o papel fundamental dos aminoácidos de cadeia ramificada especialmente a leucina como regulador do metabolismo proteico.

Algumas pesquisas têm demonstrado que a suplementação com BCAA tem sido mais eficiente em promover o aumento da taxa de síntese proteica quando comparada à ingestão de proteínas encontradas nos alimentos. Mas, segundo a Anvisa, as pesquisas apresentadas sobre os benefícios da suplementação de BCAA no desempenho de atletas são insuficientes para garantir seu efeito associado ao exercício.

Uso para prática de atividade física

Para a nutrição esportiva, os BCAA’s são utilizados a partir da premissa de que podem atuar amenizando fadiga central por favorecerem a síntese proteica. Acredita-se que eles auxiliam a secreção de insulina, diminuem o grau de lesão muscular induzido pelo exercício físico e aumentam a performance de indivíduos que se exercitam em ambientes quentes. Porém ainda são necessários mais estudos para comprovar a eficácia da suplementação de BCAA.

Parece proporcionar uma melhora do sistema imunológico e na recuperação muscular após exercícios com carga mas os dados ainda não são fidedígnos.

Contraindicações e efeitos colaterais

Os aminoácidos de cadeia ramificada não podem ser indicados para atletas, tendo em vista que não foi demonstrada a eficácia dessas substâncias para esse grupo de indivíduos. Os BCAA estão temporariamente dispensados da obrigatoriedade de registro e podem ser comercializados como alimentos, enquanto não contemplados em regulamentação específica, não podendo ser indicados para atletas nem conter indicação de uso para atletas na designação, rotulagem e qualquer que seja o material promocional do produto.

Altas doses de aminoácidos podem gerar sobrecarga no funcionamento do fígado e dos rins. Pessoas com problemas nestes órgãos devem obter liberação médica para seu uso.

 

Colaboração:
- Jomar Souza, médico especialista em medicina do exercício e do esporte e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte – SBME
- Suzana Esper

Ceres Prado - Do UOL Ciência e Saúde

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos