Programa de emagrecimento de Ivete Sangalo ajuda a secar sem passar fome

Shirley Santos
Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Ivete Sangalo e o marido, o nutricionista Daniel Cady, cozinham juntos em vídeo para o programa de emagrecimento BodyChange 10 semanas®

    Ivete Sangalo e o marido, o nutricionista Daniel Cady, cozinham juntos em vídeo para o programa de emagrecimento BodyChange 10 semanas®

A nova rotina alimentar que a cantora aprendeu a incorporar no dia-a-dia, com a ajuda do marido, o nutricionista Daniel Cady, pode ser conferida no corpão enxuto que a cantora exibe atualmente. Ivete conta que conseguiu eliminar maravilhosos  8,5 kg, de forma rápida, saudável e o que é melhor: "sem passar fome". Animada com o resultado, e sobretudo com a facilidade da sua perda de peso, ela sentiu-se motivada a incentivar muita gente a optar pelo emagrecimento saudável.

Como? Ela lançou, recentemente, a versão brasileira de um programa de emagrecimento online desenvolvido e já conhecido na Europa chamado BodyChange 10 semanas®. "Me surpreendi com o método, pois não há tarefas complicadas, como contar calorias ou malhar por horas. São apenas alguns passos simples que é preciso seguir, ou seja, todos podem perder peso de uma forma fácil", revela Ivete, que conta com a parceria do marido nesta iniciativa.

Daniel foi o responsável por adaptar o cardápio ao gosto brasileiro. "Me baseei nos hábitos de consumo de cada região do país. E após verificar algumas receitas da gastronomia local, procurei, então, incluir alimentos e bebidas tradicionais como, por exemplo, o feijão e o café. É um conceito simples de nutrição, no qual é possível perder peso, comendo os alimentos corretos, o quanto quiser, sem abrir mão do sabor das refeições", explica o nutricionista.

Novos hábitos 

Quem adere ao programa, por meio do site www.10semanas.com.br, é estimulado a adotar um estilo de vida mais saudável, com hábitos mais conscientes à mesa e um corpo mais ativo. Para isso, o participante conta com um plano de emagrecimento a ser seguido. o investimento é de R$ 149,70 pela programação completa.

Funciona assim: do período de dez semanas, as duas primeiras são dedicadas apenas às mudanças na alimentação (importante para a adaptação do organismo), com orientações nutricionais e dicas de receitas (veja alguns pratos sugeridos). A partir da terceira, são incluídos treinos leves, com duração de 20 minutos.

Gerente de hotel perdeu 8 kg 

  • A gerente de hotel Juliana Alves mora na Alemanha e participou do BodyChange 

Os exercícios podem ser feitos em casa, e são praticados de 2 a 3 vezes por semana, com repetições simples (até para quem não está acostumado a malhar). Trabalha, em conjunto, diferentes grupos musculares para ativar a circulação e, claro, queimar calorias.

A proposta é oferecer resultados rápidos e efetivos, de forma progressiva.  Quantos quilos é possível eliminar? Claro que os resultados variam, mas é possível  emagrecer, em média, 10,3 kg até o final do programa. 

Motivação 

Para motivar os seguidores, o casal entra em cena. "Durante todo o programa, Ivete e eu  incentivamos os participantes: eu ajudo com as dicas de nutrição e ela estimula a malhação", revela Daniel. Isso mesmo! A cantora troca o microfone pelo tênis e ensina o passo a passo do treinamento.  "Quero ajudar  todos a conquistarem a boa forma  e a satisfação com o próprio corpo. Me sinto atraente e cheia de energia positiva, e quero compartilhar esta sensação. E vamos fazer isso juntos!", anima a cantora.

É com este entusiasmo e bom-humor que lhe são característicos, que a cantora também acompanha Daniel na cozinha, auxiliando no preparo dos pratos (veja o vídeo, cedido com exclusividade para o UOL).

Outro ingrediente de motivação é o "dia livre". Sim, uma vez por semana, é possível comer o que se quer e na quantidade desejada. E para seguir firme no projeto do corpo definido, o usuário conta com uma equipe de especialistas em esporte e nutrição, que responde, via e-mail, dúvidas no decorrer das semanas.

O programa só não é recomendado para pessoas que apresentam as seguintes condições: diabetes, distúrbios do comportamento alimentar, gravidez (e amamentamento), insuficiência cardíaca, insuficiência renal e depressão grave.

Ivete Sangalo e o marido ensinam receita do programa

Como é o cardápio

O cardápio é baseado em uma lista que divide os alimentos em grupos: os que ajudam na perda de peso e, portanto, podem ser consumidos à vontade, e aqueles que comprometem o emagrecimento, devendo ser evitados. Confira a lista:

SE INTERESSOU?

No site www.10semanas.com.br, você se cadastra, gratuitamente, para receber as informações sobre o funcionamento do programa. Se decidir participar, o investimento é de R$ 149,70, pela programação completa, com duração de 10 semanas.

É bom saber: O programa só não é recomendado para pessoas que apresentam as seguintes condições: diabetes, distúrbios do comportamento alimentar, gravidez (e amamentamento), insuficiência cardíaca, insuficiência renal e depressão grave.

ALIMENTOS LIBERADOS

Peixes, carnes, ovos e frutos do mar: este grupo de proteínas animais tem poucas calorias e ajuda a manter a saciedade.

Vagens, grão-de-bico, lentilha e feijão: as leguminosas contém o carboidrato de baixo índice glicêmico (libera menos açúcar no sangue), evitando a fome descontrolada.

Água: para limpar o organismo, garantir o bom funcionamento do intestino, reduzir o apetite e acelerar o metabolismo (auxiliando a queima de calorias).

Legumes e folhas, como abobrinha, berinjela, tomate, alface, rúcula, brócolis, chuchu, cenoura, beterraba, alho poró, pepino, shitaki e shimeji: são nutritivos e importantes em todas as refeições, pois fornecem fibras, vitaminas e carboidratos que amenizam a fome.

Azeites, óleo de nozes, óleo de amendoim, óleo de avelã, óleo de semente de abóbora, óleo de semente de linhaça: estas gorduras boas (mais saudáveis) podem ser consumidas no preparo dos alimentos, porém, sem exagero.

Gengibre, canela, pimenta, dedo-de-moça e chá verde: são bem-vindos porque aceleram o metabolismo e ajudam na queima de gordura.

PODE, MAS COM MODERAÇÃO

Frutas e suco de frutas: este grupo só pode ser consumido a partir da terceira semana, quando também começam os exercícios. Eles são indicados no pós-treino.

Leites e derivados: têm valores altos de índice glicêmico (parecido com o pão). Também só estão liberados no pós-treino, para recuperação muscular.

Castanha-de-caju, castanha-do-pará, amêndoas, avelã, semente de girassol: pode consumir apenas uma porção por dia,  pois são muito calóricas.

DEVEM SER EVITADOS

Pão, massa, batata, arroz, aveia, centeio, mandioca, inhame: este grupo de alimentos (carboidratos simples) estimula o apetite, pois faz você sentir fome mais rápido.

Doces: de todos os tipos e também o mel, pois ele é digerido da mesma forma que o açúcar no organismo, ou seja, aumenta a vontade de comer.

Industrializados: geralmente, contêm muito sódio e ativos que podem causar inflamações no organismo e dificultar a perda de peso. Além disso, causam inchaço.

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos