Aula de dança na esteira queima até 600 calorias

Thamires Andrade
Do UOL, em São Paulo

Você já escutou aquela música empolgante enquanto caminhava na esteira e sentiu vontade de dançar enquanto andava? A ideia pode parecer, de início, estranha, mas é exatamente essa a nova aula da academia Bodytech, o Walking Dance. A dança com caminhada na esteira promete perda de até 600 calorias por aula. A atividade é mais uma oportunidade para quem não gosta de mesmice. "Cada aula é uma música e coreografia diferente e o ritmo musical também varia, no final as pessoas caminham por cinco quilômetros e nem sente", explica a bailarina que inventou a modalidade, Helô Gouvea.

Segundo ela, a ideia já estava guardada na gaveta há 15 anos e surgiu como uma forma de terapia para superar a perda do marido em 1996. "Percebi que me sentia melhor quando dançava e resolvi simplificar para que qualquer mulher comum, que não fosse necessariamente uma bailarina, pudesse dançar também", conta. Para isso, ela colocou seus filhos para seguirem os passos. "Saiba que se eles conseguissem fazer os movimentos, qualquer um poderia", revela.

Para tornar a aula mais segura para os alunos, até porque a esteira não é desligada em nenhum minuto da aula, o College - grupo de estudos da Bodytech, em parceria com o laboratório de Biomecânica da USP - analisou o gasto calórico, a metodologia e o impacto da atividade em cada articulação.

"A atividade é segura e sem contraindicações, o impacto da aula é menor que a corrida e um pouquinho maior que a caminhada. A queima calórica é maior também, pois além dos movimentos dos membros inferiores, os braços também são usados e quase sempre acima da cabeça", explica.

Além de divertimento, a aula proporciona aumento de equilíbrio, fortalecimento de pernas, glúteos e abdome. Helô explica que tem um vocabulário com mais ou menos oito passos que passa aos alunos e depois os usa durante as coreografias da aula. "Faço a coreografia junto com eles e sempre falo os comandos, para que eles já saibam quais são os movimentos que vem a seguir, como a montaria (movimento em que a pessoa coloca os pés no apoio da esteira), elevação de joelhos, chutes, entre outros”, afirma.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos