Sucos de beterraba e de cereja foram os preferidos dos atletas em Londres; saiba por quê

Gretchen Reynolds
The New York Times

Muitos dos atletas olímpicos que competiram em Londres foram estimulados – embora não no sentido coloquial de que eles estivessem dopados. Em vez disso, a energia foi natural, com o suco de beterraba e o suco de cereja sendo duas das opções mais populares. Um número crescente de atletas está se voltando para essas bebidas naturais para conseguir o que esperam ser um benefício de desempenho.

Estudos recentes, no entanto, levantam questões sobre se os atletas vão, necessariamente, receber os benefícios que esperam, e o que isso significa para o resto de nós, que adoraríamos encontrar um corpo saudável em um copo.

O suco de beterraba é criado a partir da polpa do vegetal. Não se sabe quem foi o primeiro a imaginar que a beterraba batida no liquidificador poderia melhorar o desempenho físico. Mas uma série de estudos nos dois últimos anos mostrou que o suco de beterraba pode melhorar certos tipos de desempenho de atletas. Em um estudo representativo publicado no ano passado, por exemplo, os ciclistas que ingeriram 473 ml de suco de beterraba antes de um treino de 4 km ou em um contrarrelógio de 16 km, foram quase 3% mais rápidos do que quando não ingeriam o suco. Eles também produziram mais energia a cada pedalada.

Limite mínimo

Uma vez que, no mundo dos esportes, uma melhoria de 3%  no desempenho significa muita coisa, os atletas rapidamente adotaram o suco. O suco de beterraba foi declaradamente um item básico entre os atletas nos Jogos Olímpicos britânicos, incluindo Mo Farah, que ganhou a medalha de ouro na corrida masculina de 10.000 metros, e entre outros corredores olímpicos, nadadores, ciclistas, remadores e jogadores de futebol.

Embora não seja claro como o suco de beterraba melhora o desempenho, aparentemente melhora o fluxo sanguíneo e o oxigênio flui para os músculos, disse Andrew Jones, professor de Fisiologia Aplicada da Universidade de Exeter, na Inglaterra, que lidera muitos dos estudos sobre o suco de beterraba e o desempenho atlético. Ele também motiva os músculos a usar essa quantidade maior de oxigênio de forma mais eficiente.

"Há um gasto menor de oxigênio" nos exercícios quando a pessoa bebe o suco de beterraba, disse ele. Mas essa vantagem pode não existir em todos os tipos de exercícios, de acordo com outros estudos. Um estudo preventivo publicado no mês passado descobriu que uma única dose de suco de beterraba várias horas antes de um contrarrelógio de uma hora de bicicleta não melhora notavelmente o desempenho dos ciclistas.

De acordo com Naomi Cermak, uma pesquisadora da Universidade de Maastricht, na Holanda, que liderou o estudo, o estudo sugere que o suco de beterraba, embora eficaz em melhorar o desempenho em treinos curtos, de exercícios extremamente árduos, pode ter menos efeito durante treinos longos, com esforços relativamente menos intensos. Em outras palavras, o suco pode ajudar um corredor de 800 metros, mas talvez não ajude um maratonista.

Com base na ciência atualmente disponível, acrescentou Cermak, é também provável que os benefícios sejam mais evidentes em alguém que bebe o suco regularmente, e não alguém que o experimenta pela primeira vez no dia de uma corrida.

Então, se você quiser experimentar a beterraba como uma amplificadora de desempenho, comece pelo menos uma semana antes de uma corrida ou prova exaustiva. Em muitos experimentos, os voluntários beberam 473 ml de suco por dia, embora alguns estudos tenham utilizado doses concentradas de beterraba. E prepare-se para um período de aclimatação. O suco de beterraba tem um sabor do qual "é necessário aprender a gostar," disse Jones.

Auxílio à recuperação

Um pouco mais agradável é o suco de cereja, que também teve muitos adeptos entre os atletas olímpicos. Criado a partir de cerejas de Montmorency com sabor amargo, o suco não é, estritamente falando, uma bebida que aumenta a performance. Em vez disso, ele influi na habilidade do corpo de se recuperar de grandes esforços, disse Malachy McHugh, diretor de pesquisa do Instituto Nicholas de Medicina Esportiva e Trauma Atlético no Hospital Lenox Hill, em Manhattan.

  • Em estudos, o suco de cereja reduziu a dor muscular e a fraqueza após treinamentos de força intensa, assim como depois de uma maratona

Em estudos realizados por McHugh e seus colegas, o suco de cereja reduziu a dor muscular e a fraqueza após treinamentos de força intensa, assim como depois de uma maratona. Em um experimento semelhante realizado por outros pesquisadores, corredores da corrida anual de revezamento de 315 km, a "Hood to Coast", em Oregon, relataram dores significativamente menores após a corrida quando beberam o suco de cereja com uma semana de antecedência.

O suco de cereja tem notáveis capacidades anti-inflamatórias e antioxidantes, disse McHugh, embora os componentes específicos do suco que são mais ativos nesse contexto ainda estejam sendo testados. Quando ele pediu a seus colegas cientistas de alimentos para analisarem o suco, disse ele, "me foi dada uma lista de 30 ou mais compostos" que poderiam contribuir para esses benefícios da bebida.

Quanto à dose, nos seus experimentos, assim como em outros, os voluntários têm ingerido 2 copos de 250 ml ou 355 ml de suco de cereja por dia, o equivalente a cerca de 100 cerejas de Montmorency (cerejas doces, aliás, têm demonstrado pouca eficácia nesses experimentos).

McHugh e praticamente todos os cientistas do exercício estão buscando os potenciais benefícios dos sucos e alertam que ainda resta muito a ser feito pela ciência para entender quem serão os beneficiados e como isso vai acontecer, assim como se existe algo em demasiada quantidade. (O nitrato, por exemplo, um componente-chave do suco de beterraba, pode ser cancerígeno e contribuir para outras doenças em doses extremamente altas.)

Ainda assim, McHugh é um dos que se converteram ao suco ácido de cereja. Ele é um dedicado jogador de futebol gaélico, e toma "uma garrafa por dia e duas garrafas em dias de jogos e treinos pesados", disse.

"Todos os meus colegas de time são pelo menos 20 anos mais novos que eu. Eu atribuiria minha capacidade de manter a boa forma necessária para jogar, em parte, ao suco de cereja."



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos